Associações e cooperativas participam de reunião sobre a abertura da Ponte Binacional

Catraieiros, mototaxistas, taxistas e empreendedores de outros setores, apresentaram na manhã de quarta-feira, 11, os anseios em relação a abertura da Ponte Binacional, que liga município de Oiapoque à cidade de Saint Georges de l’Oyapock, na Guiana Francesa. A reunião realizada pelo Governo Federal, ocorreu no auditório do Sebrae de Oiapoque e contou com o apoio do Governo do Amapá e da prefeitura daquele município.

O objetivo é identificar os impactos que serão gerados para as atividades desenvolvidas pelos trabalhadores e as possíveis soluções. A regulamentação e fiscalização dos taxistas, roteiros turísticos e compensações foram algumas questões abordadas no encontro.

Liberação da ponte

A liberação do tráfego na ponte é um momento aguardado pela população de ambas as nações. Por ser uma região de fronteira, algumas questões ainda precisam ser trabalhadas.

“É uma relação nova que está surgindo e que estamos tentando encontrar soluções em conjunto para possíveis problemas que possam surgir”, informou o chefe da Divisão da Europa Setentrional do Ministério das Relações Exteriores, Leandro Zenni.

A iniciativa foi aprovada pelos empreendedores. “Pela primeira vez estão nos ouvindo e podemos falar o que queremos”, disse o vice-presidente do ponto de Táxi da Fronteira, Jocildo Silva.

A reunião faz parte de uma agenda preparatória para abertura provisória da Ponte Binacional, que ainda não tem data definida, mas deve ocorrer ainda nesse trimestre. Inicialmente, a travessia será restrita a moradores da região da fronteira e carros de passeios.

Na próxima segunda-feira, 16, uma simulação de funcionamento será feita no local com autoridades e órgãos que atuarão nos postos de fiscalização do lado dos dois países para que posteriormente ocorra a abertura.

No dia 19, será a vez do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá fazer um simulado para casos de emergência. “Numa eventualidade, a ajuda será mútua e precisamos estar preparados para atuar em conjunto”, disse o comandante do CB, Coronel Wagner Coelho.

Informações Comunicação GEA

About Lílian Guimarães

Assessoria de Comunicação OCB/AP Contato: 98124-9681

Comments are closed