ONU PARTICIPA DO LANÇAMENTO DO DIA C 2017

Representantes de cooperativas do Distrito Federal e colaboradores do Sistema OCB participaram hoje do lançamento do Dia de Cooperar 2017 (Dia C), o maior programa de responsabilidade socioambiental do cooperativismo brasileiro. O lançamento contou com a participação do diretor de Assuntos Sociais da ONU, Maxwell Haywood, interlocutor do organismo internacional para o cooperativismo.

Haywood foi convidado para falar sobre como as cooperativas podem contribuir com o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – uma agenda da ONU, cujo resultado, esperado para 2030, é um mundo com mais justiça e igualdade entre os povos.

“Estou convencido de que o cooperativismo é o modelo econômico ideal para um mundo mais sustentável. As cooperativas, que têm em sua filosofia a preocupação com a sociedade, vão além do assistencialismo e investem nos seres humanos, para que eles possam se qualificar, se desenvolver e correr atrás das próprias soluções”, destacou.
O palestrante explicou sobre os principais desafios dos países para alcançar os ODS e de que forma as cooperativas podem contribuir, uma vez que a Agenda 2030 é essencialmente cooperativista. Haywood explicou os ODS dividindo-os por temas: social, econômico e ambiental.


SOCIAL

Segundo o levantamento da ONU, uma em cada oito pessoas vive em situação de pobreza extrema. Haywood lembrou que o Brasil é um dos signatários da Agenda 2030 e se comprometeu a diminuir, até essa data, os índices de pobreza pela metade. “Os governantes vão ter que prestar contas do que fizeram para mudar essa realidade. Eles terão que se justificar caso não garantam a segurança alimentar e a redução da mortalidade infantil por causas que poderiam ser prevenidas”, afirmou. ​
ECONÔMICO

Segundo Haywood, quando a crise financeira mundial começou em 2008, diversos bancos privados faliram, enquanto as cooperativas de crédito se fortaleceram. Isso mostra a robustez do movimento mesmo diante de crises econômicas. “Também é preciso chamarmos atenção para o mercado de trabalho e os jovens. As cooperativas têm um papel fundamental na promoção de empregos e condições dignas de trabalho”, pontuou. Para ele, o número de jovens que concluem os estudos e não conseguem uma vaga no mercado de trabalho está crescendo e aprofundando os problemas sociais.
AMBIENTAL

O diretor da ONU chamou atenção para a degradação do meio ambiente, sobretudo pela agricultura desregulada, com uso excessivo dos solos e a depredação dos recursos hídricos. Haywood ressaltou a atuação consciente das cooperativas do ramo agropecuário, que equilibram competitividade e responsabilidade socioambiental.

NOVIDADES NO DIA C
A programação contou ainda com uma apresentação de Geâne Ferreira, gerente de Desenvolvimento Social do Sescoop Nacional, para contar as novidades do Dia C em 2017. “Com o tema Atitudes simples movem o mundo, estamos incentivando as cooperativas a desenvolver projetos baseados em seu próprio core business. As cooperativas de crédito, por exemplo, podem implementar programas de educação financeira. Ou seja, não é preciso muito, mas é necessário se mobilizar”, enfatizou.
No evento, também foram homenageados os voluntários de cooperativas, parcerias institucionais, além de colaboradores do Sescoop que contribuíram com projetos do Dia C no ano passado.
SAIBA MAIS

Sobre o Dia C: diac.somoscooperativismo.coop.br

Sobre os ODS: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/

 

Fonte: somoscooperativismo

About Lílian Guimarães

Assessoria de Comunicação OCB/AP Contato: 98124-9681

Comments are closed