FRENCOOP E OCB PROMOVERÃO DEBATE SOBRE A SAÚDE BRASILEIRA

Como Cooperar com a saúde brasileira. Este é o foco central do 4º Seminário da Frente Parlamentar do Cooperativismo, realizado pela Frencoop em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). O evento está marcado para o dia 3/5 e ocorrerá no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

O objetivo é mostrar aos representantes dos Três Poderes os diferenciais e potencialidades do cooperativismo de saúde e buscar apoio com vistas à aprovação de projetos de lei que envolvam as cooperativas de saúde e que tramitam no Congresso Nacional. Espera-se, ainda, a celebração de parcerias que assegurem o desenvolvimento do setor e a ampliação do atendimento aos brasileiros.

PROGRAMAÇÃO

A programação do 4º Seminário da Frencoop contará com diversos debates cujos temas vão desde parcerias público-privadas, o ato cooperativo e a regulação do mercado de saúde suplementar. Vale destacar que profissionais de expressão nacional já confirmaram a participação nos debates.

INSCRIÇÃO

Os interessados em se inscrever, devem correr, pois as vagas são limitadas, gratuitas e o prazo para inscrições termina no próximo dia 28 de abril. Para se inscrever, basta enviar os seguintes dados para o e-mail eventos@ocb.coop.br: nome completo, número do RG e CPF, nome da cooperativa ou instituição de origem, endereço de e-mail e telefone de contato.

NÚMEROS DO COOPERATIVISMO

No mundo

Segundo a Aliança Cooperativa Internacional (ACI):

– mais de 100 países já praticam o cooperativismo;
– mais de 1 bilhão de pessoas já aderiram ao movimento cooperativista;
– mais de 250 milhões de empregos gerados;
– 2,6 milhões de transações comerciais envolvendo cooperativas;
– mais de US$ 3 trilhões em receitas anuais.​
No Brasil

Segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB):

– 6.655 mil cooperativas;
– 13,2 milhões de cooperados;
– 378,2 mil empregos diretos.

Ramo Saúde

– 813 cooperativas;
– 225 mil cooperados;
– 96,2 mil empregos diretos;
– presente em 85% dos municípios brasileiros;
– detém 32% do mercado da saúde suplementar brasileira;
– receita superior a R$ 60 bilhões em 2016.

Fonte: http://www.somoscooperativismo.coop.br

About Lílian Guimarães

Assessoria de Comunicação OCB/AP Contato: 98124-9681

Comments are closed