Programa Cooperjovem beneficiará 700 estudantes no Amapá

Alunos das Escolas Estaduais José Bonifácio e Igarapé da Fortaleza participarão de atividades que estimulam o cooperativismo dentro e fora das salas de aula. O programa foi lançado nesta sexta-feira, 21, no auditório do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae/AP), em Macapá. O Cooperjovem, que é executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), também atenderá o Projeto Especial Santa Clara.

Pelo menos 700 estudantes serão beneficiados com o Programa Cooperjovem no Amapá. O programa é voltado a professores, técnicos de cooperativas e alunos. Ele oferece formação e capacitação continuada dentro dos princípios e valores cooperativistas aos estudantes do Ensinos Fundamental e Médio.

Para a diretora da Escola Estadual Igarapé da Fortaleza, Elinete Bezerra, o programa vai ajudar os educadores a desenvolver e fomentar princípios fundamentais nos alunos para uma sociedade mais justa. Os professores já estão passando por módulos de capacitação onde aprendem a identificar práticas educacionais na cultura da cooperação.

De acordo com o presidente do Sistema OCB, Gilcimar Pureza, iniciativas como esta tem atuado de forma transformadora na vida das crianças e adolescentes. “É uma pratica que agrega conhecimento, e acima de tudo, a valorização do ato de cooperar. Sem dúvida, estamos trabalhando na transformação do futuro dos nossos jovens”, compartilhou o presidente.

O Programa atende 303 escolas em todo o país, totalizando mais de 115 mil alunos. Eles são incentivados a vivenciarem os valores da doutrina cooperativista como: transparência, solidariedade, responsabilidade social, democracia e respeito às diferenças.

About Lílian Guimarães

Assessoria de Comunicação OCB/AP Contato: 98124-9681

Comments are closed