COOPERATIVISMO LANÇA AGENDA INSTITUCIONAL 2017 COM FOCO NOS TRÊS PODERES

Todos os dias o Sistema OCB atua para defender os interesses das cooperativas do país. Este trabalho, fortemente planejado, tem como principal motivação a melhoria da qualidade de vida dos cooperados brasileiros. E isso tem sido possível graças às articulações realizadas no âmbito dos Três Poderes da República, com base na Agenda Institucional do Cooperativismo que, neste ano, completa 11 anos.

O documento contém os principais pleitos do movimento cooperativista brasileiro e será apresentado pelo presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, a parlamentares, representantes do governo e, também, do Poder Judiciário, além de integrantes de instituições parceiras, no dia 5 de abril, em Brasília. O ministro da Justiça, Osmar Serraglio, já confirmou sua participação.​​​

REFORMAS

Para a liderança, o ano de 2017 começou com um intenso trabalho no Congresso Nacional. Segundo ele, o foco está na discussão de medidas estruturantes, tendo em vista a recondução do crescimento econômico e a retomada da confiança dos brasileiros, por meio da geração de empregos e da melhoria do ambiente de negócios.

Ele explica que as linhas norteadoras deste processo são as reformas previdenciária, trabalhista e tributária que figuram do centro da pauta de decisões e, por isso, tornam-se objeto de profundas discussões sobre o futuro do país.

“É por isso que, com o compromisso de participar ativamente da construção deste novo ciclo de políticas públicas, o Sistema OCB não tem medido esforços para contribuir com os Três Poderes, por meio da apresentação de propostas de melhoria das reformas, tendo como ponto de partida a realidade de milhares de cooperativas brasileiras”, explica Márcio Freitas.

Sobre as propostas da Agenda Institucional do Cooperativismo 2017, o presidente do Sistema OCB assevera: “Com pleitos legítimos e representativos, buscaremos alterações legislativas que consolidem, cada vez mais, o setor como protagonista na produção agropecuária e na prestação de serviços.”

​​​A FORÇA DO COOPERATIVISMO BRASILEIRO

– Cooperativas: 6,6 mil
– Cooperados: 13,2 milhões
– Empregados: 376,7 mil
– 25,4% das famílias brasileiras estão diretamente ligadas ao cooperativismo
– Exportações: US$ 5,1 bilhões (2016/dados do MDIC)
– Número de países compradores: 147
– Principais destinos: China (18,9% ou US$ 973 milhões), Alemanha (7,7% ou US$ 398 milhões) e Estados Unidos (7,6% ou US$ 394 milhões)

SERVIÇO

– Lançamento da Agenda Institucional do Cooperativismo 2017​
– Quando e onde: quarta-feira (5/4), às 8h, no hotel Brasília Palace, na Capital Federal.​- Assessoria de imprensa:  Aurélio Prado – (61) 3217-1525 ou imprensa@ocb.coop.br​

About Lílian Guimarães

Assessoria de Comunicação OCB/AP Contato: 98124-9681

Comments are closed